terça-feira, 17 de junho de 2008

Panic At The Disco - Pretty. Odd.

Foi com bastante surpresa que no outro dia, em conversa com o Pedro, ele mencionou que os Panic! At The Disco (agora Panic At the Disco) lançaram um álbum interessante, com influências de Beatles e não sei mais o quê. Desculpa Pedro, não me lembro bem da conversa, mas o que é facto é que a curiosidade cresceu e decidi ouvir o álbum.


De facto, a ex banda emo-punk tem aqui um trabalho bastante diferente daquilo a que habituaram os seus fãs (para bem da humanidade). Influências de Beatles e Alice no País das Maravilhas a rodos (mesmo, até no vídeo, como vão poder comprovar).

O guitarrista Ryan Ross diz, nesta entrevista ao site ultimate-guitar.com, que o seu desejo é que os PATD sejam os próximos Radiohead. Salvações do rock aparte, até porque este registo não traz nada de novo ao rock em si, estamos na presença de um óptimo álbum pop: bem produzido, canções muito catchy, boas influências. Apesar do elevado número de faixas (15) não se pode dizer que existam fillers (músicas para encher chouriço, como em 99% dos álbuns com mais de 12 músicas) e quase todas as músicas têm capacidade de funcionar como single numa rádio perto de si.

Não estamos na presença de nada espectacular, como já disse, mas é um disco que me surpreendeu, até porque hoje em dia já quase não há pop decente. Aliás, a pop que há (boa ou má) é toda uma mistura de música electrónica com hiphop e/ou R&B, sendo que uma banda que ainda toca guitarras é uma lufada de ar fresco (paradoxalmente).

E aqui está o primeiro "hitsingler" da banda. Como passatempo adicional, tentem encontrar todas as referâncias aos fab-four!



É um óptimo álbum para uma tarde feliz e bem passada a fazer um piquenique :D

2 comentários:

Day Tripper disse...

som invertido - strawberry fields, etc.
cena do vídeo « woke up, fell out the bed»

raparigas a correr, eles a saltarem para cima dum carro - aparece num vídeo dos beatles

bigodinho sgt. peppers e respectiva fanfarra!!

as partes alice no país das maravilhas fez-me lembrar o I am the Walrus e afins

metais e cordas no fim


lol, gostei bastante. Isto já deve passar no batô de certeza!

Telmo disse...

Eu sabia que tu ias apanhar as cenas. Eu curti muito o cd. :D tá fófinho